Estratégia de Trading Automatizada:
Shark Attack!

Estratégia de Trading Automatizada:
Shark Attack!

Como funcionam os lançamentos sintéticos com PUT em opções?

Lançamento sintético com PUT

 

 

LANÇAMENTO SINTÉTICO DE OPÇÕES COM PUT

Uma estratégia de investimento conhecida como “lançamento sintético” permite aos investidores comprar ações com desconto com base na data de fechamento da operação. Se o valor das ações não atingir o preço pré-determinado, o investidor é remunerado com um prêmio. Esse tipo de investimento é frequentemente utilizado como uma fonte de renda mensal por investidores de longo prazo.

É crucial que o investidor realize uma avaliação cuidadosa da empresa antes de entrar em uma operação de lançamento sintético, ou busque o auxílio de uma casa de análise. Dentre os indicadores fundamentais a serem considerados estão o lucro consistente e crescente, o patrimônio líquido em expansão, a curva de juros e a sazonalidade da atividade da empresa, entre outros fatores. Essa análise detalhada ajuda a garantir decisões de investimento sólidas e informadas.

 

RACIONAL DA OPERAÇÃO

Ao selecionar o preço de exercício (strike) é fundamental compreender a dinâmica da grega Delta e seu impacto na valorização da opção em relação ao desempenho do ativo subjacente.

Para essa operação é aconselhável optar por um strike OTM (fora do dinheiro), e com vencimento de curto prazo. Isso implica baixa probabilidade de exercício da opção de PUT, uma vez que a grega Theta desvaloriza significativamente o valor da opção, à medida que se aproxima do vencimento.

O objetivo principal desta estratégia é obter um prêmio que remunere a carteira de ações, ao mesmo tempo em que busca minimizar a necessidade de adquirir o ativo subjacente.

 

VENDA DE PUT NA PRÁTICA

Para exemplificar a operação de venda de PUT, consideremos que o investidor tem o interesse de adquirir 100 ações da empresa PX4, cotadas a R$ 30,00. Portanto, temos um investidor com um patrimônio de R$ 3.000,00.

O investidor pode lançar a venda de 100 opções de compra (PUT), preferencialmente com Delta inferior a 25%. Para que o negócio seja concluído, deve haver um investidor disposto a assumir a contraparte, conhecido como “tomador da PUT“.

Quando a operação é executada, gera um crédito antecipado para o lançador da opção de venda. Considerando que a opção de CALL com strike R$ 29,00, e delta inferior a 25%, esteja cotada a R$ 0,40, teremos 100 x 0,40 = R$ 40,00 para o vencimento estabelecido.

Podemos contemplar duas situações aqui: na primeira, o preço do ativo não atingiu o preço de exercício e o investidor foi remunerado em R$ 40,00 para realizar a operação. Na segunda opção a ser considerada, o ativo alcançou o preço de exercício na data de vencimento. Nesse caso, o investidor compra a ação por (29,00 – 0,40 = R$ 28,60), o que equivale ao preço de exercício menos o valor recebido antecipadamente pelo prêmio da opção. (* Mais os custos de exercício).

Entretanto, com essa operação, o lançador é obrigado a comprar o ativo se o preço ultrapassar o valor strike no dia do vencimento da opção. A compra do ativo não pode ser considerada uma operação negativa, já que o investidor analisou a empresa quanto aos indicadores fundamentalista e se interessou em adquirir o ativo.

Caso o ativo não atinja o preço de exercício até o vencimento, a operação é considerada vencedora na perspectiva do lançador da opção de compra, e o investidor mantém o recurso na conta de investimento, incorporando no patrimônio o prêmio recebido pela execução da operação.

 

Racional financeiro da operação

Lançador: Considerando que o investidor já realizou uma avaliação cuidadosa da empresa e pretende adquirir o ativo, receberá o prêmio de R$ 0,40 multiplicado por 100 opções, totalizando R$ 40,00.  Se o ativo ultrapassar o valor do preço de exercício, o investidor vai adquirir as ações por um valor 4,4% menor que o praticado no mercado, na data em que a operação foi realizada (desconsiderando as taxas de exercício das opções, corretagem e B3).   Porém, se o ativo subir ou se manter acima do preço de exercício, a opção perderia totalmente o valor (viraria pó), e o lançador ficaria com o prêmio recebido (R$ 40,00) para realizar a operação, o que representa 1,3% de remuneração para sua carteira de ações.

Antes de adotar estratégias de lançamento sintético de opções, os investidores devem ter um entendimento sólido do mercado de opções, compreender os riscos envolvidos e estarem dispostos a gerenciar cuidadosamente suas posições.

image_pdfBaixar .PDF
Ciro Meneses

Graduando em Ciências da Computação pela Universidade de Massachussetes UMASS Boston USA. Analista CNPI-T credenciado pela APIMEC Brasil. Professor Adjunto da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM).

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress