Hub Insights

Vale a pena comprar Banco do Brasil (BBAS3) no Governo Lula?

banco do brasil (BBAS3)

Solidez dos resultados: Banco do Brasil (BBAS3)

No 4° Trimestre, o Banco do Brasil (BBAS3) surpreendeu positivamente o mercado, com indicadores consistentes e guidance robusto.

Nesse resultado, destaca-se o marco importante atingido na carteira de crédito, ultrapassando o montante de R$1 trilhão. Ano contra ano, o Banco do Brasil cresceu sua carteira em quase 15%.

 

Crescimento e Composição da Carteira

crescimento e composição da carteira Banco do Brasil (BBAS3)

Fonte: Banco do Brasil

 

Além de ter fechado o ano com um lucro líquido de R$31,8 bilhões, mais próximo ao topo do guidance anterior, o Banco do Brasil (BBAS3) reportou um guidance positivo, onde há uma expectativa de crescimento no lucro líquido de 4% a 16%.

 

Guidance 2023 – Banco do Brasil

guidance do Banco do Brasil (BBAS3)

Fonte: Banco do Brasil

 

Falando da distribuição de dividendos, que depende do lucro líquido da companhia, para o exercício de 2023, a administração aprovou o payout de 40%. Dessa forma, se o banco entregar um lucro líquido próximo a base do guidance, o seu dividendo já seria acima dos R$4,5 por ação.

 

Risco político

Por ser uma companhia estatal, o Banco do Brasil está exposto ao risco político, mais recentemente, foi visto sinalizações por parte do governo sobre a utilização dos bancos públicos mais ativamente, em programas como o Desenrola Brasil, programa de renegociação de dívidas para brasileiros com renda de até dois salários mínimos.

Entretanto, a nova presidente do Banco do Brasil, afirma que “quanto aos riscos de interferência, acreditamos que estamos bem protegidos”.

 

nova presidente do Banco do Brasil (BBAS3), afirma que “quanto aos riscos de interferência, acreditamos que estamos bem protegidos”

Fonte: NeoFeed

 

Banco do Brasil vs. Outros Bancos 

Por conta do risco de estatal e ruídos políticos, o Banco do Brasil é negociado com um enorme desconto em relação aos seus pares privados, mesmo possuindo indicadores, que no geral, são superiores.

Observando o seu Preço/Lucro, atualmente BBAS3 negocia em 3,99x, enquanto Itaú e Santander negociam a quase 9x e Bradesco a 6,8x. Ainda, olhando para o seu P/VP, BBAS3 é negociado por 0,7x, enquanto Itaú e Santander negociam acima de 1,3x e Bradesco por 0,9x.

 

Quadro Comparativo

quadro comparativo banco do brasil (BBAS3) e outros bancos

Fonte: Status Invest

 

Esse desconto, parece ainda maior quando olhamos para os outros indicadores, uma vez que Banco do Brasil (BBAS3) apresentou um crescimento de lucro líquido e indicador de rentabilidade superior aos seus pares.

Observando o gráfico abaixo, nota-se que o Banco do Brasil é o com maior desconto, mesmo com o Bradesco enfrentando maiores desafios em relação a sua carteira de crédito. Além de ser o com maior desconto, ironicamente é o que possui o maior ROE (retorno sobre patrimônio líquido), estando mais à direita do gráfico.

 

ROE e P/VP

indicadores e o Banco do Brasil

Fonte: Status Invest

 

Observando esses fatores, o desconto parece muito alto, certo?

Mas será que vale a pena correr o risco de interferência política para se expor à tese do Banco do Brasil? Descubra o que achamos no relatório abaixo!

Conheça o Hub Pro e acesse o relatório completo do Banco do Brasil clicando aqui. 

Banner Hub Pro

Kênio Fontes

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress