Hub Insights

Hacker da FTX movimenta ETH no mercado cripto!

Hacker da FTX

Sabemos que o mercado de criptomoedas tem estado bastante agitado, principalmente em razão dos efeitos em cascata gerados pela falência da FTX, cuja plataforma, além de tudo, ainda foi hackeada há mais de uma semana. Com o roubo de aproximadamente US$ 447 milhões entre diversos ativos, o atacante passou a figurar como 27º maior detentor de ethers (ETH) no mundo.

Neste final de semana, no entanto, o hacker da FTX começou a movimentar massivamente os ativos no mercado. Ontem (20/11), de acordo com a empresa de auditoria Certik, somente uma das carteiras do atacante transferiu 50.000 ETH para um novo endereço, que posteriormente começou a trocar os ethers (ETH) por renBTC, versão tokenizada ERC20 do bitcoin. Feito isto, transferiu os ativos para duas wallets diferentes, uma contendo 1070 renBTC e outra 2444 renBTC.

O movimento continuou desde então e persiste acontecendo nesta segunda-feira (21/11). Poucas horas atrás, notamos a movimentação de novos 15.000 ETH para uma nova carteira e, posteriormente, a troca por renBTC novamente.

Ao que tudo indica, o hacker da FTX está utilizando um mecanismo de lavagem conhecido como Peel Chain.

 

Hacker da FTX
Fonte: etherscan

 

Além deste aspecto isolado, ressaltamos que os efeitos secundários do colapso da FTX ainda não mostram sinais de desaceleração. Veja mais sobre no Insight a seguir:

Colapso da FTX segue causando danos. Binance anuncia fundo de suporte a projetos!

 

O dano se espalha para uma lista crescente de ilustres empresas como BlockFi e Genesis, aumentando o risco, por tabela, de que contagie o fundo de BTC da Grayscale, uma das maiores detentoras do ativo, afetando diretamente outras empresas.

Neste contexto de temor, a Coinbase se posicionou nas últimas horas confirmando que possui 635.000 bitcoins em nome da Grayscale Bitcoin Trust e que eles estão seguros, afirmando que realiza regulares validações “on-chain” para confirmar esta existência e segurança sobre a quantidade de seus BTCs.

Nos últimos dias, vale ressaltar, a empresa já havia emitido um anúncio intitulado de “Trust Us”, esclarecendo a atual situação. Agora, mais uma vez, se pronuncia:

Hacker da FTX e pronunciamento

Fonte: Comunicado Oficial da Coinbase

 

Caio Goetze

Formado em Direito pela PUC-RJ e pós-graduando em Direito Digital pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) em parceria com a UERJ, conta com 3 anos de experiência e diversos cursos de formação acadêmica de bagagem no “criptomercado”.

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress