Hub Insights

Discurso de Powell pouco afeta o bitcoin e investidores seguem atentos ao CPI!

Discurso de Powell

Ontem (10/01), o discurso de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, foi marcado por afirmações de que a independência do referido Banco Central é fundamental para combater a inflação, alertando que “restaurar a estabilidade de preços quando a inflação está alta pode requerer medidas impopulares no curto prazo pois há necessidade de aumentar as taxas de juros para desacelerar a economia […]”.

Fonte: Reuters

 

No entanto, Powell também frisou que o banco deve ficar fora de questões climáticas que estão além de seu mandato estabelecido pelo Congresso, motivo pelo qual não devem se desviar de suas competências para buscar “benefícios sociais que não estejam fortemente ligados aos objetivos estatutários” que precisam seguir.

Esta visão do mandatário sobre o papel do FED, vale ressaltar, está em contraste com a dos principais Bancos Centrais da Europa que integraram esforços de “economia verde” em suas políticas. O fato é que não foi possível extrair grandes informações do discurso de Powell capazes de afetar significativamente o preço do BTC.

  • O ativo, que fechou o dia com alta de 1.53%, começa esta quarta-feira apresentando sensível queda e sendo negociado a US$ 17.420 no momento da redação desta Newsletter. O ETH seguiu a mesma dinâmica, terminando a terça-feira com alta de 1.15% e iniciando o dia de hoje com quase nenhuma variação negativa.

Agora, após discurso de Powell, devemos ficar atentos aos próximos dados macroeconômicos dos Estados Unidos, a divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (CPI) agendada para amanhã (12/01), que pode ou não reforçar a narrativa de que a inflação está diminuindo e oferecer uma janela momentânea de oportunidade para ativos de risco. O rompimento dos atuais patamares ou uma nova queda para os níveis da semana passada podem ser desencadeados a partir dos dados.

Dado o contexto atual, por ora, observamos maiores probabilidades (79.2%) de vermos um aumento de 25 pontos-base nas taxas de juros para a próxima reunião agendada para 1 de fevereiro. Os outros 20.8% esperam por um aumento de 50 pontos-base.

probabilidades para a próxima reunião agendada para 1 de fevereiroFonte: Fed Watch Tool

 

Frente à possibilidade deste aumento de 0.25%, aliado à recente recuperação do BTC, o índice de medo e ganância do ativo saiu da região de “medo extremo” e parece ter se estabilizado em 26, o que marca somente “medo”.

No entanto, vale lembrar, quando tiramos um pouco o foco do cenário micro e damos um “zoom out”, a tendência de baixa segue intacta, e podemos estar formando um topo para continuar a queda.

após discurso de Powell índice de medo e ganância do bitcoin saiu da região de “medo extremo” Fonte: Alternative.me

 

Nunca se esqueçam da célebre frase: “The trend is your friend”. Se os dados de inflação esperados para amanhã denotarem uma inflação acima das previsões, o movimento de recuperação pode devolver todos os recentes ganhos do mercado crypto.

Neste contexto, é válido citar também a “previsão” do Banco Mundial de que o pior cenário em relação a uma recessão global podem estar se tornando realidade. Se em 2022 estimava-se que a economia deste ano (2023) cresceria 3%, agora este número foi reduzido para 1.7%.

 

No Hub do Investidor realizamos análises sólidas e fundamentalistas de inúmeros projetos existentes no mercado. As criptomoedas representam uma disrupção no sistema financeiro, e as tecnologias e soluções apresentadas são revolucionárias e, às vezes, complexas. Ter alguém especializado te dando a mão e tornando tudo mais acessível é crucial para entrar nesse mercado. Seja um assinante Hub Crypto!

Caio Goetze

Formado em Direito pela PUC-RJ e pós-graduando em Direito Digital pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) em parceria com a UERJ, conta com 3 anos de experiência e diversos cursos de formação acadêmica de bagagem no “criptomercado”.

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress