Hub Insights

Dados do CPI reascendem otimismo no mercado cripto!

dados do CPI e mercado cripto

Ontem (15/02), tivemos a divulgação dos dados de inflação ao consumidor nos Estados Unidos (CPI) em 6.4% y/y, acima dos 6.2% projetados, mas abaixo dos 6.5% anteriores. Mesmo que o resultado não tenha sido tão bom quanto o esperado, já vemos o CPI em queda há 7 meses consecutivos.

Vale lembrar que, em junho de 2022, o patamar era de 9.1%, demonstrando que os esforços do FED vêm surtindo efeitos. Ainda assim, estamos longe da meta do Federal Open Market Committee (FOMC) em 2%.

dados CPIFonte: Investing

 

No entanto, os números foram suficientes para que o mercado cripto reascendesse sua dose de otimismo, fazendo com que o BTC retornasse a patamares acima dos US$ 22.000 – mais especificamente, negociado a US$ 22.700, apresentando valorização de 2.46% somente no dia de hoje.

Já o Ether sobe de forma mais modesta (1.64%), negociado a US$ 1.580. Entre as 10 maiores “altcoins” em capitalização de mercado, quando avaliamos a agregado das últimas 24 horas, destacamos a ADA em primeiro lugar, que sobe 8.86%, seguida por MATIC (6.6%), Doge (5.3%) e SOL (4.64%).

Assim, o indicador “Fear and Greed Index” subiu três pontos desde a nossa última Newsletter, marcando agora “53”, ainda em “neutro”.

indicador “Fear and Greed Index” após divulgação do CPIFonte: Alternative.me

 

O comportamento do bitcoin reforça justamente que a correlação do mercado cripto com o mercado financeiro tradicional segue firme, ao contrário do que víamos há alguns anos quando agiam de maneira independente.

No entanto, quando observamos as classes de ativos, o que vimos foi a Nasdaq subindo 0.57% na sessão de ontem e caindo aproximadamente 0.4% no mercado futuro hoje.

Banner Internacional

 

Dito isso, quando observamos a correlação de 30 dias entre bitcoin e Nasdaq, S&P 500 e ouro, respectivamente, encontramos os patamares em 0.86, 0.83 e 0.54. Correlações elevadas, mas que começam a dar indícios de queda.

gráfico mostrando correlação de 30 dias entre bitcoin e NasdaqFonte: TheBlock

 

Entre os outros pontos de destaque inerentes ao mercado, o aspecto regulatório é o que mais merece atenção. Após a multa de US$ 30 milhões da SEC sobre a corretora Kraken pelo oferecimento de serviços de staking a usuários nos EUA, vimos também o NYDFS ordenando que a Paxos pare de emitir a stablecoin Binance USD (BUSD), alegando se enquadrar como “unregistered security”. O tema é bastante polêmico e escrevemos um artigo avaliando cada detalhe.

Agora, vemos o surgimento de rumores no sentido de que a Circle, emissora da stablecoin USDC, teria recebido uma “Wells Notice” da SEC, espécie de notificação avisando que está havendo uma investigação com potenciais acusações.

A motivação se daria pelo fato de que as reservas que respaldam o USDC são gerenciadas em um fundo chamado Circle Reserve Fund, administrado pela Blackrock, o que poderia também classifica-la como “unregistered security”. O Head of Policy da empresa desmente o boato.

Fonte: Twitter

 

O fato é que, mesmo em meio a um início de 2023 bastante agitado com a intensificação regulatória por parte dos órgãos responsáveis dos Estados Unidos, o setor de mineração parece não se importar. Os mineradores já fizeram mais de US$ 600.000 só com transações de “ordinals” na recente moda de NFTs na rede Bitcoin.

Além disso, vimos uma nova máxima histórica de hashrate sendo alcançada, evidenciando a entrada de novos “players” no setor e/ou o religamento de máquinas de mineradores antigos, que voltam a demonstrar interesse em reativar as operações. Neste ano, até agora, vimos quedas no hashrate em apenas 5 dias. A rede segue extremamente robusta.

gráfico mostrando nova máxima histórica de hashrateFonte: Glassnode

 

No Hub do Investidor realizamos análises sólidas e fundamentalistas de inúmeros projetos existentes no mercado. As criptomoedas representam uma disrupção no sistema financeiro.

Ter alguém especializado te dando a mão e tornando tudo mais acessível é crucial para entrar nesse mercado. Seja um assinante Hub Crypto!

 

Banner Hub Crypto

Caio Goetze

Formado em Direito pela PUC-RJ e pós-graduando em Direito Digital pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) em parceria com a UERJ, conta com 3 anos de experiência e diversos cursos de formação acadêmica de bagagem no “criptomercado”.

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress