Hub Insights

COPOM surpreende o mercado financeiro: saiba como isso afeta seus investimentos!

selic, copom e reação do mercado

Selic mantida em 13,75%

Apesar da manutenção da Selic em 13,75%, o tom mais duro do Copom surpreendeu o mercado, que esperava um comunicado com melhores perspectivas na queda de juros.

No comunicado, o comitê ressaltou que o ambiente externo se mantém adverso, e que embora os índices de inflação cheia ao consumidor tenham se arrefecido, medidas de inflação subjacentes estão acima do intervalo da meta.

Além disso, foram reforçados outros fatores de risco para as expectativas de inflação, como a persistência das pressões inflacionárias globais, incerteza sobre o arcabouço fiscal, maior desancoragem das expectativas de inflação de longo prazo.

Do lado contrário, ressaltam-se riscos para uma menor inflação, como uma possível queda adicional das commodities em moeda local, e uma desaceleração na atividade econômica global.

Por fim, destacaram que a conjuntura atual demanda parcimônia e cautela, e que o Copom conduzirá a política monetária necessária para o cumprimento das metas de inflação e perseverar até que se consolide o processo desinflacionário. Ainda, afirmaram que os passos futuros dependerão da evolução da dinâmica inflacionária, o que mesmo sendo incerto, traz uma expectativa de queda futura.

Dessa forma, nota-se que o comunicado afirmou alguns riscos e não está tão otimista com a conjuntura atual, além de reforçar a cautela e que seguirá fazendo o necessário para cumprir a meta de inflação, por isso, acreditamos que embora haja espaço para corte na taxa de juros ainda neste ano, ele pode ainda demorar algumas reuniões para acontecer.

 

Como o comunicado do Copom afetou o mercado?

Como o mercado esperava um posicionamento mais leve, com uma melhor perspectiva nos cortes da taxa de juros, o comunicado do Copom fez com que os juros futuros de curto prazo subissem, por exemplo, o DI1U23, referente a setembro, subiu 0,25% e alcançou os 13,58%.

reação do mercado após divulgação da selic

Fonte: advfn

 

Com a menor clareza sobre a queda de juros nos próximos meses, o mercado pune os ativos de risco, especialmente as ações mais sensíveis aos juros, como as presentes no segmento de varejo, construção civil e empresas alavancadas.

banner whats hub agro

Na tabela abaixo, vê-se que muitas ações estão apresentando uma queda expressiva após o comunicado, como Eztec e MRV, empresas de construção civil, caindo 7,7% e 5,8% respectivamente, bem como Magalu e Via, caindo 7,1% e 6,5%.

Quanto à Minerva (BEEF3), a queda em suas ações veio após a notícia de que a companhia foi condenada a pagar R$1,39 milhão por más condições no transporte de gado.

Maiores baixas do Ibov

maiores baixas do ibovespa

Fonte: TradeMap (por volta das 14h – 22/06)

 

Do outro lado, as únicas ações do Ibovespa em alta são as da Ambev, Raízen e BB Seguridade, subindo 1,1%, 0,2% e 0,2% respectivamente. Dito isso, o índice apresenta uma retração de 1,7% no dia.

 

resumo do mercado e comunicado do Copom

Fonte: Google Finance

 

Quer ficar por dentro das melhores oportunidades do mercado e ter acesso a conteúdos exclusivos, tendo auxílio para tomar as melhores decisões? Torne-se membro do Hub Pro de forma gratuita, clique aqui e saiba mais! 

 

banner hub pro novo

Kênio Fontes

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress