Hub Insights

Como diversificar seu portfólio com ativos globais? Conheça o ETF chileno “ECH”

diversificar portfólio com o ETF chileno ECH

Nós do Hub do Investidor acreditamos que a alocação tática é o que dá flexibilidade ao portfólio para se adaptar aos ciclos de mercado e às condições econômicas. Então falemos de uma classe de ativo que se popularizou nos últimos anos, os ETFs junto a questão de diversificação geográfica, da qual você, investidor, pode se beneficiar bastante!

Os ETFs são ativos que costumam ser muito buscados por investidores que desejam diversificar seus portfólios. Agora, para investidores que desejam se expor a mercados emergentes, os ETFs baseados na América do Sul são uma alternativa.

Mas claro, não é só escolher ao azar e torcer para ter escolhido um ativo de qualidade. Existem muitos ETFs que possuem características negativas – como pouca diversificação ou alta dependência de fatores externos e voláteis.

 Então, pensando nisso, trouxemos um ETF pouco conhecido do brasileiro, para você passar a conhecer mais essa opção de investimento, o ETF chileno “ECH”.

O ECH, consolidado em novembro de 2017, possui US$D497,993,044 em ativos líquidos e uma distribuição de rendimentos semianual, sendo atrelado a uma taxa de administração de 0,57% a/a.

Fonte: MSCI

*NAV ou Net Asset Value, pode ser traduzido para Valor Patrimonial Líquido ou Valor Líquido do Ativo.

 

 

Além disso, o ETF existe com o objetivo de rastrear os resultados e investimentos do principal índice de base ampla de ações chilenas, o MSCI Chile Index. Tal índice por sua vez possui exposição a diversos setores e a uma gama de empresas chilenas, além de ser um dos indicadores mais usados para se medir o aquecimento da economia do país.

diversificar portifólio

Fonte: MSCI

 

Em termos de resultados, como o ECH rastreia o índice chileno, é possível saber como é o desempenho acumulado do ETF utilizando o desempenho histórico do índice.

Ao compararmos o desempenho do índice com benchmarks de outras economias, como a nossa, podemos observar os benefícios da diversificação geográfica. Enquanto o EWZ (linha verde) – índice Ibovespa em dólares – teve desempenho negativo de -61,77% desde 2009, o índice MSCI Chile (linha vermelha) apresentou desempenho negativo de -50,17%, uma diferença de 11,6%.

diversificar portifólio etf

Fonte: TrandingView e Hub do Investidor

 

Mas você pode estar pensando que por mais que o desempenho do índice chileno seja “menos pior “que o nosso nesse período, ele ainda é negativo. Então, observe nesse outro recorte, agora tomando 2022 como base, a comparação entre os benchmarks.

diversificar portifólio etf

Fonte: TrandingView e Hub do Investidor

 

Enquanto o EWZ (linha verde) teve desempenho positivo de +7,12% desde o início do ano até agora, o índice MSCI Chile (linha vermelha) apresentou desempenho positivo em +20,18% – corroborando com a tese que trazemos sobre os benefícios da diversificação.

Após a rápida e sólida recuperação – no ano passado – do impacto da pandemia do coronavírus, o Chile começou a chamar atenção do mercado global e junto a isso, o Banco Central chileno, em junho, estimou um crescimento para a economia do país, em 2022, entre +1,5% e +2,25%.

Valendo ressaltar que, como o próprio BC chileno divulgou em notas recentes, existem cenários nos quais o crescimento da economia do país poderia se desencontrar das projeções – como um agravamento do conflito entre Rússia e Ucrânia ou uma deterioração da economia global mais rápida e robusta.

 

Artigos relacionados: 

ETF: o que é e quais os custos para investir?

Como declarar ETF no imposto de renda: passo a passo

 

Leonardo Ribeiro

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress