Hub Insights

BRBI11: conheça a Small Cap do Setor Bancário

BRBI11

Um dos setores mais conhecidos e investidos da bolsa brasileira, é o segmento bancário, com grandes nomes como Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e Santander. No entanto, hoje abordaremos um banco que atua no segmento de investimentos, assim como o BTG Pactual, mas que é pouco conhecido. Esse banco é o BR Partners, que fez IPO em 2021 com o ticker BRBI11.

Diferente dos principais bancões, o BR Partners (BRBI11) foca na frente de serviços, e não na de crédito. O seu portfólio é composto principalmente por Investment Banking e Mercado de Capitais, mas possui uma vasta diversidade de serviços:

Portfólio de Serviços – BR Partners

portfólio dos serviços da BRBI11

Fonte: RI BRBI11

 

O BR Partners (BRBI11), possui expertise para atuar em importantes operações do mercado. Nesse último trimestre, a companhia auxiliou as operações de M&A da Fleury e Hermes Pardini, Tupy, entre outras.

BRBI11 transações anunciadas 2t22

Fonte: RI BRBI11

 

O IPO, permitiu ao banco captar esses recursos para conseguir acessar novas frentes, principalmente no mercado de capitais, realizando a emissão de CRAs e FIAGROS.

Observando o gráfico abaixo, vemos que o seu crescimento é bastante acelerado, tanto no Investment Banking quanto no Mercado de Capitais, o CAGR foi de mais de 30% ao longo dos anos.

Receita de Investment Banking e Mercado de Capitais

Fonte: RI BRBI11

 

O mais interessante, é que todo esse crescimento não é sacrificando a rentabilidade, atualmente, possuem um ROAE de mais de 20%, e olhando para o CAGR do lucro, vemos um aumento de 35%.

BRBI11lucro e margem liquida

Fonte: RI BRBI11

 

O mais próximo para comparação que temos, é o BTG, mas que também é exposto a frentes que o BR Partners não está presente, como o de Wealth Management.

Ao comparar, fica claro que o BTG é bem maior, sendo líder em alguns segmentos, refletindo em seu valor de mercado, o qual é cerca de 70x maior do que o do BR Partners (BRBI11).

quadro comparativo BR Partners BRBI11 e BTG pactual

Fonte: Status Invest

 

Embora a small cap (BRBI11) esteja apresentando indicadores expressivos de crescimento, tanto de receita quanto de lucro, é possível considerá-la mais barata que seu principal par, tanto olhando para o múltiplo P/L, quanto para o P/VP.

Kênio Fontes

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress