Hub Insights

Binance US vai comprar ativos da Voyager Digital por US$ 1.002 bilhão!

Voyager e Binance

A Binance US, unidade americana da Binance Global com sede na Califórnia, irá adquirir os ativos da Voyager Digital LLC, que faliu em julho deste ano após levar um calote de cerca de US$ 670 milhões do fundo Three Arrows Capital (3AC) que, por sua vez, colapsou em função do “crash” da Terra Luna. A Voyager ainda deve cerca de US$ 1 bilhão aos clientes.

Anteriormente, a Voyager chegou a receber uma proposta, até então vencedora, da FTX na casa dos US$ 1.42 bilhão. No entanto, com a falência das empresas de Sam Bankman-Fried em novembro, a Voyager retomou o leilão e voltou a ouvir novas propostas.

Assim, a empresa revisou as opções levando em conta a “melhor e mais alta oferta por seus ativos” no intuito de “maximizar o valor devolvido aos clientes e outros credores em um prazo acelerado”.

Neste contexto, a Binance US foi a melhor licitante ao oferecer US$ 1.022 bilhão, dos quais US$ 1,002 bi se dá em função da avaliação do portfólio de criptomoedas da Voyager (“fair market value”) e os outros US$ 22 milhões em “valor incremental”.

Preliminarmente, a Binance US fará um depósito inicial de “boa-fé” no valor de US$ 10 milhões e reembolsará a Voyager por algumas despesas até um máximo de US$ 15 milhões.

Caso o acordo não seja fechado até 18 de abril de 2023, sujeito a uma extensão de um mês, o estipulado permite que a Voyager avance imediatamente para devolver o valor aos clientes.

“Esperamos que nossa escolha dê um fim a um doloroso processo de falência que viu os clientes, injustamente, sendo arrastados para ele”, twittou o presidente e CEO da Binance US, Brian Schroder.

Fonte: Twitter @BrianShroder

 

A venda será consumada de acordo com o estipulado no plano do Chapter 11 da Lei de Falências, o que significa dizer que a mesma estará sujeita à votação de credores e outras condições habituais de fechamento de negócio.

Para isso, no entanto, este plano precisa ser aprovado pelo Tribunal de Falências, cuja audiência está agendada para o dia 5 de janeiro de 2023. Uma cópia do contrato da compra de ativos e outras documentações pertinentesao caso podem ser obtidas por meio do site: https://cases.stretto.com/Voyager.

Com a notícia, o token nativo da Voyager Digital, o VGX, chegou a disparar quase 43%.

Caio Goetze

Formado em Direito pela PUC-RJ e pós-graduando em Direito Digital pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) em parceria com a UERJ, conta com 3 anos de experiência e diversos cursos de formação acadêmica de bagagem no “criptomercado”.

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress