Hub Insights

Apostas, Armas, Tabaco e Álcool. Descubra como investir nas “Sin Stocks”

sin stocks etf

O que são as “ações do pecado”?

As chamadas Sin Stocks, ou ações do pecado, são ações de companhias que investem em segmentos como apostas, armas, tabaco e álcool. Muitas pessoas, por motivos ou convicções pessoais, preferem evitar esses segmentos, o que é extremamente aceitável.

No entanto, para os investidores mais arrojados, é interessante conhecer e estudar essa opção. Apresentaremos ao longo do Insight, estudos que mostram que as Sin Stocks performaram melhor que a média do mercado nos Estados Unidos e outros países desenvolvidos considerados no índice MSCI.

 

O que é a tendência ESG e como ela afeta essas ações?

A sigla ESG, se refere a três amplos temas, ao meio ambiente (environmental), ao social (social) e à governança (corporate governance). Em suma, se diz respeito às boas práticas que as empresas se propõem a adotarem, incluindo pautas e iniciativas de sustentabilidade, sociais e de governança.

Portanto, utilizando o exemplo de companhias de tabaco, muitas vezes são o oposto do S no ESG, pois, os cigarros fazem mal aos usuários e à sociedade como um todo.

Dessa forma, muitos players institucionais, grandes fundos de investimentos, acabam deixando de lado essas ações, fazendo com que elas sejam negociadas a múltiplos mais baixos.

Embora muitas vezes o prejuízo para a sociedade ou ao meio ambiente seja claro, segmentos como o de armas ficam no meio do caminho e podem ser relativos à opinião pessoal. Como no mercado de armas, onde alguns acreditam ser algo nocivo para a sociedade e outros acreditam que faz juz à liberdade individual e estatal, englobando a defesa pessoal.

 

Porquê investir em Sin Stocks?

Caso o investidor não veja problema em se expor a esses segmentos, o benefício é claro: uma rentabilidade maior que o mercado.

Um estudo da UBS, grupo multinacional focado em serviços financeiros e banco de investimento, sugere que desde os anos 2000, as maiores 50 ações de pecado vem tendo uma melhor rentabilidade que o MSCI World, índice global que engloba 27 países desenvolvidos.

Historicamente, a performance é cerca de 5% a mais que esse índice por ano.

Desempenho das maiores 50 sin stocks ao longo do tempo

ações do pecado

Fonte:Do sin stocks really give your portfolio the edge? (firstlinks.com.au)

 

Outro gráfico interessante, que mostra essa performance adicional, é a comparação de companhias desses setores, como a Altria, dona do cigarro Philip Morris ou a Las Vegas Sands, que possui cassinos, versus o S&P.

comparação de companhias de ações do pecado

Fonte:Why do sin stocks outperform? – Diligent Dollar (diligent-dollar.com)

 

Principais Riscos de se investir em Sin Stocks

Como sabemos, em todo tipo de investimento há um nível de risco, nesse caso, podemos citar alguns:

Além da já citada tendência ESG mundial, grande parte desses setores enfrentam uma regulação muito grande por parte do Estado, citando o business de tabaco, o seu “marketing” é totalmente limitado, bem como o desincentivo do consumo por meio de impostos.

Embora isso seja um ponto negativo, a parte boa é que parte dessa regulação estatal, acaba funcionando como uma barreira de mercado para os novos entrantes, fazendo com que as companhias já consolidadas operem de forma mais “segura”.

 

Como se expor a esse mercado?

Uma opção bem interessante para se expor a esse mercado, é via os ETFs americanos, pois possuem uma diversidade maior desses ativos temáticos, e o investidor não precisará se preocupar em fazer o próprio stock picking. 

Existem vários, mas vamos citar 2, o ETF AdvisorShares (VICE) e o ETF B.A.D.

No caso do ETF VICE, investe maioritariamente em companhias de álcool, mas também possui exposição a tabaco, cassino, restaurantes, videogames e e-sports, entre outros.

Composição do ETF

composição do ETF AdvisorShares (VICE)

Fonte: VICE | Advisorshares

 

Por sua vez, o ETF B.A.D (Bets, alcoohol and Drugs), se atém a esses 3 setores, apostas, álcool e o farmacêutico. O ETF foi criado, recentemente, e desde então acompanha o S&P500.

desempenho do ETF B.A.D (Bets, alcoohol and Drugs) ao longo de 2021 e 2022

Fonte: BAD ETF – BAD Investments (badinvestmentco.com)

 

Em 21/09/2022, o ETF contava com posições em empresas como Astrazeneca, Brown Forman (Jack Daniel’s), Abbvie e Ambev.

 

Sin Stocks no Brasil

Apesar de o termo não ser muito comum no Brasil, possuímos algumas opções de investimento direto na bolsa brasileira. Uma delas, é a Ambev (ABEV3), que apesar de exposta em mais de um tipo de produto, o core continua sendo cervejas alcoólicas.

Outra ação interessante, é a Taurus Armas (TASA4), uma das maiores fabricantes de armas curtas do mundo, e negocia a múltiplos atrativos, com um P/L de 2,99x e EV/EBITDA de 2,24x.

 

Conclusão

Como vimos, o conceito de sin stocks pode ser amplo e relativo, mas, de forma geral, é possível encontrar oportunidades interessantes. De qualquer forma, o investidor deve avaliar de forma pessoal se possui interesse em se expor em algum desses mercados, ou prefere evitá-los.

Kênio Fontes

Compartilhe este conteúdo nas redes socias!

Posts relacionados

plugins premium WordPress